Seja Bem Vindo! Saiba que esse blog não tem um ritmo frenético de novas postagens. Seu conteúdo é fruto das reuniões do Conselho de Mulheres e suas descobertas e vivências são relatadas aqui. É bom inscrever-se nele de modo que quando algo acontecer você ficará sabendo... Desfrute!
Loading...

domingo, 22 de agosto de 2010

LUA PLENA DE VIRGEM



NA LUA CHEIA DE VIRGEM

MEDITE NO PENSAMENTO SEMENTE

EU SOU A MÃE E O FILHO. EU SOU DEUS. EU SOU CRISTO MANIFESTADO!

Virgem é o sexto signo. O sexto símbolo. A sexta qualidade energética que poderemos acionar em nós para a realização do nosso Plano Divino. 

A realização do nosso Plano Divino pessoal fundamenta a possibilidade de atingirmos a plenitude em nossa vida atual e vivermos felizes para sempre. 

Costumo dizer que os contos de fadas não mentiam quando nos mostravam que se o Príncipe desejar a Princesa e der provas de Amor e Coragem na tentativa de conquistá-la serão felizes para Sempre. O detalhe é que a Verdade não está no modo como se reúnem, mas sim quem esses personagens representam.  

O Príncipe representa  a nossa Personalidade (ego) e a Princesa é nossa Alma, nosso Sonho mais caro! 

Encha seu ego de coragem e enfrente qualquer obstáculo para resgatar seu sonho mais íntimo e pessoal e encontre na meditação dessa Lua Cheia de  Virgem a possibilidade desse casamento!

Esotericamente, o casamento do Príncipe com a Princesa, ou a união da Personalidade com Alma é chamado de Cristo, ou melhor, de princípio crístico. 

Tudo começa aí, do princípio crístico que findará por nos guiar na manifestação da nossa divindade, nossa auto-realização e, finalmente, levarmos nosso Pai do Céu e nossa Mãe Terra a se orgulharem de nós, vossos filhos!

O que Cristo dizia senão que estava aqui para fazer a vontade do Pai! Faça todas as correções denotativas e conclua que Ele mostrou que seu ego estava à Serviço de uma forte e poderosa voz interna que no fundo sempre sabe o que deve ser feito. Mesmo que contrário a tudo e a todos. Mesmo que seja apavorante. Mesmo que mereça sua vida.

Porque afinal você vive para isso...para encontrar seu papel único, pessoal e intransferível.

O que é que te realiza?

Medite.

domingo, 8 de agosto de 2010

À Cissa Guimarães.







No momento em que a Terra treme, casas caem, ventos derrubam, as águas mudam a configuração geográfica do planeta e muitas pessoas morrem causando grande comoção, Cissa Guimarães dá uma lição de como lidar com a maior perda do mundo.

Sem o respaldo de uma catástrofe coletiva, sem o aval da natureza que justifique perdas e danos, sem o apoio governamental para repor prejuízos, sem contar com a força tarefa da Cruz Vermelha, Cissa Guimarães dá uma lição de força, amor e valores humanos dignos de uma Nova Humanidade.

É extremamente generosa quando pede que não imaginemos tal dor. 

É sábia quando diz que não voltará a sorrir como antes mas que vai transformar isso numa coisa bonita. É amorosa, apesar da incomensurável dor, quando percebe que é o amor de seu filho trazendo a "onda de amor" através do que cultivou em todos os jovens que o homenagiaram. 

É forte e mais uma vez sábia quando repreende sem ódio, nem rancor, o comportamento de toda a família daquele jovem que causou o brutal acidente.

É perfeita no seu exemplo de como lidar com a maior perda do mundo num momento em que muitas perdas ocorrem enquanto o planeta se orienta para uma Nova Era, composta de novos valores para uma nova humanidade.

Obrigada Rafael.
Obrigada Cissa.